24
Mai 12

Casa na Avenida da República dos anos 50 (?)

 

Moradia ao lado da Igreja Matriz de Paredes, actualmente inexistente. Por de trás as torres sineiras. Fotografia dos anos 70 ou 80 enviada por Marília Castro.

publicado por Rafael às 21:48 | comentar | favorito
tags: ,
29
Dez 11

As casas dos Magistrados de Castelões de Cepeda - Paredes

 

As designadas Casas dos Magistrados foram edificadas na sequência de uma deliberação do Estado Novo, que segundo o artigo 165º do Estatuto Judicial, determinava que todos os municípios deviam fornecer habitações, já mobiladas, aos juízes de Direito e delegados do Procurador da República. 

Em Paredes foram construídas duas casas na Avenida da República, a data não sei atribuir com certezas mas serão dos anos 40 ou 50.


Neste período, por todo o país, as "obras do pequeno equipamento regional", difundem "(...) os temas da "casa portuguesa", ou do "estilo tradicional", com o seu cortejo de beirais, arcos, grelhas cerâmicas, ferros forjados e canteirinhos (..)" (FERNANDES, 2003, p. 34).

Seguindo o formulário da "Casa Portuguesa", que foi uma importante base para o desenvolvimento da arquitectura de "feição regional-tradicional" do Estado Novo (idem, ibidem, p. 44), estes edifícios são pequenas habitações de dois andares, caiadas de branco e cobertas por telha, com apontamentos de granito nos cunhais dos panos murários, janelas dispostas a espaços regulares com moldura rectangular, e entrada precedida por pequeno alpendre. 

 

As casas dos Magistrados foram demolidas dando lugar a uma construção em altura mesmo em frente à actual casa da cultura de Paredes. Existem outros exemplos em Portugal, posteriores a estes, que estão classificados como de Interesse Municipal.

publicado por Rafael às 19:00 | comentar | ver comentários (1) | favorito
21
Nov 11

Casa antiga já demolida em Fonte Sagrada - em frente à Adega Cooperativa de Paredes

 

 

Casa do meu primo Hernani Pacheco de Souza Magalhães irmão da minha prima Lélé de Trigais. 

Era filho de Abílio Monteiro de Sousa Magalhães - secretário da administração deste concelho e de Albina Moreira Pacheco de Magalhães natural de S. Cosme de Besteiros e esta filha de José Moreira Pacheco e Joaquina de Bessa.
Teve três filhos, Julieta (médica), António Abílio, que habitou a casa e foi seu propriétario e Alberta ainda viva.

 

 

publicado por Rafael às 23:57 | comentar | favorito
tags:
11
Set 10

Antiga Praça do Avelino e a Casa Senhorial Brasonada em Castelões de Cepeda em Paredes

 

Esta é uma fotografia com a data provável de 1904 onde se vê esta casa senhorial como uma única habitação. Não há duas cores nas paredes e o telhado é um todo com o mesmo tipo de telha. Na fotografia do post anterior vê-se um divisão da casa em duas por duas cores diferentes e um telhado com telhas de cor diferente.

Aqui vê-se nitidamente e  sem dúvidas de que se tratava de uma casa única que entretanto fora dividida em duas pelos irmãos.

Do brasão apenas se vê um pouco de nada atrás da árvore onde ela bifurca.

O limite original desta propriedade ia até ao Carreiro da Lama no poente e a sul com a Avenida Campos Henrique actual Avenida da República.

 

 

publicado por Rafael às 21:44 | comentar | favorito