Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ao Encontro do Passado

Um blog de apontamentos sobre a história que me dá identidade. Da terra que nasci e vivo.

Ao Encontro do Passado

Um blog de apontamentos sobre a história que me dá identidade. Da terra que nasci e vivo.

Fotografia de Agosto de 1932 tirada em frente à Igreja Matriz se Castelões de Cepeda - Paredes

28.10.12, Rafael
   Fotografia tirada em agosto de 1932 em frente da Igreja Matriz de Castelões de Cepeda com vários paredenses de pé e pessoas sentadas. Nesta fotografia identifico o meu tio-avô, António Monteiro de Sousa Magalhães e a esposa Isabel (sentados do lado direito da fotografia). Caso identifiquem alguém da fotografia deixem aqui nos comentários. Obrigado.

Interior da Igreja de S. Cristóvão, Matriz de Louredo em fotografia antiga

03.01.12, Rafael
  Fotografia antiga, provavelmente anos 50, do interior da Igreja de Louredo. Restaurada recentemente merece uma visita atenta.  Construção actual do século XVII/ XVIII. Através da escritura para a construção do retábulo da capela-mor, datada de 1715, sabe-se que a capela-mor estava em construção (quase concluída) e que o corpo da igreja tinha sido feito de novo (...)

Miniatura de Santuário por António Pereira da Silva

10.12.11, Rafael
O meu bisavô António Pereira da Silva, cunhado de António Monteiro de Souza Magalhães também construiu uma miniatuta de uma Igreja, desconheço se foi uma réplica de alguma existente e também desconheço o seu paradeiro. Se alguém possuir alguma informação ela é bem-vinda. Aqui vemos um recorte da revista "Ilustração Portugueza", nº 599, de (...)

Miniatura da Igreja matriz de Paredes e o seu autor

09.12.11, Rafael
Muita gente em Paredes me pergunta o que é feito da miniatura da Igreja de Paredes que os meus avós expunham em dias de festa na janela da sala da frente da casa para que as pessoas a pudessem ver e usufruir. Tornou-se um habito que se perdeu com o falecimento do meu avô materno, Sebastião. Andei à procura de alguma fota antiga onde ela estivesse e apenas encontrei esta de 1976 onde ela estava sempre guardada durante todo o ano até às partilhas dos meus avós em 1983 em que foi (...)